Depoimentos

Tatiana Santa Bárbara – Indaiatuba/SP

Escrito por ReabiVet

Tenho um Lhasa Apso de 7 anos, Floqui, que começou a apresentar dores, aparentemente abdominais, e certa apatia/cansaço. O veterinário entrou com antiinflamatório e sugeriu que fizéssemos o Raio-X da coluna pois ele estava tremendo ao tocar na região lombar e a barriga muito contraída era sinal de dor.

Foram detectadas duas hérnias (uma maior, outra bem pequena) e o início de desgaste em um disco da medula cervical. De imediato foi aconselhado o tratamento com acumputura.

Desta forma conheci a Dra. Cristiane que me orientou de forma clara o que estava acontecendo com o meu Floqui e informou que ele apresentava uma doença discal de grau 2, podendo ter uma melhora significativa. Explicou que o tratamento seria realizado com as aplicações semanais aliada aos remédios fitoterápicos e com minha ajuda em impedir que ele fizesse certos tipos de movimentos, como pular em sofás e camas e correr bruscamente. Orientou a colocação de bloqueios impedindo-o de subir e minha dedicação em ensiná-lo, com o tempo, a não fazer por conta própria. De cara achei que seria impossível, mas não é. Os animais são inteligentes e se o dono tiver paciência e dedicação eles aprendem.

A primeira sessão do Floqui foi em 17/03/11. Hoje (28/04/11), depois de 6 sessões aliada aos remédios e repouso, meu peludo parece um filhote de tão energético e engraçado. Inclusive, na sessão de hoje, Dra. Cris disse que ele não apresentou nenhum tipo de dor/incômodo, não tinha nem o que falar. Fiquei muito feliz!!

Para nós que amamos estes bichinhos vê-los bem e saudáveis é um presente. Enfim as sessões de acumputura passarão a ser mensais e se continuar neste ritmo ele só precisará voltar quando tiver dor. Parabéns pelo cuidado, carinho e orientação dispensada e pelo trabalhado sério e atencioso da Dra. Cristiane.

Sobre o autor

ReabiVet

Deixe um comentário